CHEGA! Acabe-se de vez com o futebol no Sporting.

Que adianta contratarem-se jogadores, quando depois somos presenteados por um qualquer Malheiro que expulsa um jogador nosso agredido e poupa o agressor?

Que adianta denunciar vouchers, jogos da mala, delegados, empresários, quando as instituições que gerem o futebol nada fazem de sério para investigar denúncias e muito menos castigar culpados?

Que adianta formarem-se jogadores, Aurélios, campeões da Europa, quando depois vem um qualquer IPDJ dizer que o clube rival não tem claques, mas sim grupos de adeptos organizados, que não tem sido problema para a polícia (apesar dos homicídios)?

Que adianta fazer dos filhos sportinguistas, quando depois vem um Secretário de Estado do Desporto e Juventude, orgulhosamente parcial, sempre em defesa do seu clube e dos tais adeptos organizados?

Que adianta denunciar comentadores supostamente isentos, que afinal não passam de palradores de cartilhas, quando a ERC nada faz para repreender essas práticas, e apenas censura os denunciantes?

Que adianta eleger um Presidente idóneo e educado, quando o Presidente do outro lado da 2ª circular, apesar de ser dos maiores caloteiros que a República já conheceu, e visado em processos de corrupção a Magistrados, é tratado com estatuto de Estadista pelas mais altas instâncias da Nação, que ainda se digladiam para se sentarem ao seu lado nos camarotes da Luz?

Que adianta colaborar com a Justiça, quando ficamos estupefactos a ouvir uma Magistrada dizer que a corrupção operacionalizada pelo braço-direito do Presidente do clube, afinal mais não era do que um ato de coscuvilhice pessoal, apesar de toda a evidência demonstrar o contrário?

Por tudo isto, e como diria um famoso comentador encarnado, é hora de dizer “CHEGA!”.
Chega de décadas de desrespeito;
Chega de décadas de humilhação.

Décadas que atiraram o clube irremediavelmente para um poço, que considero agora, sem fundo.
Prefiro atirar com a toalha ao chão, já!

Prefiro reconhecer de vez que para se “vencer” no futebol português é preciso jogar sujo, muito sujo. Para se “vencer” no futebol português é preciso obter favores. Desde o segurança que atrasa indevidamente adeptos na entrada dos estádios visitados, até aos mais altos cargos da Nação.

Prefiro acabar de vez com o futebol do Sporting, do que vê-lo a caminho de ser um novo Belenenses (ou Codecity, já nem isso sabemos).

CHEGA! Acabe-se de vez com o futebol no Sporting.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *