O futebol, ópera e fado, segundo Jorge Jesus

Jorge Jesus foi expulso do banco de suplentes no Bernabéu, na derrota do Sporting ante o Real Madrid por 2-1. O técnico já tinha sido expulso esta época na Liga, frente ao FC Porto na 3.ª jornada. Questionado se iria mudar o seu comportamento no banco para atenuar os castigos, o técnico frisou que o problema não é ele mas sim os árbitros.
“Mudar o meu comportamento no banco? É uma pergunta pertinente e interessante no momento, porque eu também penso nisso. Mas dificilmente vou mudar. Não sou eu que estou errado, mas sim a democracia no futebol e quererem fazer do futebol como se fôssemos ver ópera ou fado. No fado é que se diz ´silêncio que se vai cantar o fado`. Futebol é paixão, emoção e os treinadores fazem parte do espetáculo, dentro de um limite. Agora gesticular com os braços? Então vou ser expulso mais vezes, porque vou continuar a fazer. Está dentro de mim”, declarou o técnico na sala de conferências em Alvalade, na antevisão do jogo com o Rio Ave.


O futebol, ópera e fado, segundo Jorge Jesus


Salas de Imprensa – O nosso futebol em discurso direto
www.salasdeimprensa.pt
faça o “like” em facebook.com/salasdeimprensa
subscreva o canal youtube.com/salasdeimprensa

No votes yet.
Please wait...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *